Bem-vindo ao meu blogue

PRÉMIO

PRÉMIO
Prémio de Excelência da ANPÓS (Brasil)

SIGA-ME NO FACEBOOK


Conferências Internacionais

Conferências Internacionais
Contate-me para meus emails (lado direito)

COMO UM ALUNO BRINCALHÃO SE TORNOU FAMOSO


1. Já todos viram ou ouviram falar da série televisiva "Os Simpsons" (veja a ilustração). Ela teve início em 17 de Dezembro de 1989, nos Estados Unidos e rapidamente alcançou o sucesso, sendo passada em muitos países. Foi considerada a melhor série do século XX pela revista "Time" e tem ganho inúmeros prémios.

2. Recuemos uns anos. Matt Groening era um aluno obscuro. Na escola distraía-se a desenhar "bonecos". Mais tarde tornar-se-ia cartoonista vivendo precariamente com o que lhe era encomendado.

3. Um dia, o canal de televisão Fox convidou-o para criar uma curta animação. Ele pensou em algo que, de imediato, percebeu que não condizia com aquilo que a empresa pedira. E o maior problema é que ele tinha apenas uns minutos para encontrar uma solução. Estava na sala de espera da sede da Fox.

4. Foi ali e naqueles momentos que teve a ideia de sugerir um filme sobre uma família disfuncional. Mas faltava-lhe o título. Foi quando lhe ocorreu dar-lhe o nome de alguns dos seus familiares: Simpsons!

5. A ideia foi aprovada e a primeira animação foi concluída em Abril de 1987. Depois evoluiu para a conhecida série com o mesmo nome e que deu também origem a livros e a brinquedos com todo o sucesso que lhe conhecemos.

Esta breve história de vida de Matt Groening é idêntica a muitas outras. Alunos que passam despercebidos acabam por superar mais tarde os colegas de maior sucesso na escola.

Neste caso, o talento de Groening assentava sobretudo no seu espírito brincalhão. Ele dizia que nunca deixara de ser criança e que isso acelerava a sua criatividade.

Numerosos estudos atestam que o bom-humor e a brincadeira, mesmo nos adultos, tem numerosos efeitos positivos, desde a saúde ao trabalho. O caso que deu origem aos "Simpsons" é um dos mais interessantes.

Nelson S Lima