Bem-vindo ao blogue do meu PROGRAMA EVOLUÇÃO E MUDANÇA

SIGA-ME NO FACEBOOK


COMO PODEMOS ENTENDER O PROGRESSO?


A palavra progresso deve ser das mais usadas dos últimos 150 anos. O progresso aparece quase sempre associado à técnica, à indústria, aos negócios e também à ciência. No geral, o progresso é entendido como sinónimo de modernização e aperfeiçoamento em diferentes campos da atividade humana.

Esta perspetiva do progresso é, porém, redutora porque o progresso deve também incluir valores mais elevados como os intelectuais, os estéticos, os morais e os espirituais.

Temos assim uma diversidade de progressos onde eu destaco o progresso moral e o progresso espiritual que, na realidade, são os que, baseados em diversos valores, devem nortear a humanidade.
Infelizmente, os níveis de progresso variam bastante. Por exemplo, há quem diga que avançamos mais rapidamente no progresso tecnológico do que no progresso moral ou até no espiritual. E daí as dificuldades que vivemos atualmente devido ao desfasamento desses níveis.

Seja como for, qualquer progresso deve ter como aspiração a melhoria da qualidade de vida da humanidade e, então, torna-se necessário que as pessoas entendam o progresso como um valor multidisciplinar integral (técnico, científico, estético, moral e espiritual).

O PROGRESSO PESSOAL
O progresso deve ser usado como uma motivação para melhorar os padrões de vida da sociedade em todos os aspectos e não apenas num ou dois.

A ideia de progresso deve ajudar-nos a fazer apelo à nossa capacidade de criar, fazer e executar com diligência, rigor e prontidão o que quer que seja que nos torne mais civilizados, mais altruístas, mais generosos, mais criativos e mais íntegros.

Aprender ou ensinar esta ideia mais vasta e abrangente do que deve ser o progresso teria repercussões no nível de vida das pessoas, na saúde, na política, na educação, nos negócios, no trabalho e no desenvolvimento do potencial de cada um de nós.

Nelson S Lima